O silêncio e sua importância

O silêncio em Deus é importante e fecundo, porque ele proporciona encontros com o Senhor e conosco

Fazer a experiência de silenciar em Deus não significa estritamente um estado de abster-se de pronunciar palavras, já que é também um mergulho na riqueza da “Palavra” viva, eficaz e santificadora do Senhor, que fala e age em nosso interior quando silenciamos.

No silêncio, a alma é elevada a ouvir e buscar Deus. Sendo assim, o silêncio não é uma condição de solidão inútil, porque nele se pode fazer a experiência do encontro com Deus.

No silêncio, permitimos que Deus entre em nosso coração e nele habite, proporcionando-nos intimidade com Ele. Entretanto, hoje, pode-se perceber a dificuldade de viver a experiência do silêncio em Deus diante de um mundo barulhento, com busca incessante de informação e vasta possibilidade tecnológica disponível, que tem sua importância e validade, mas que pode impedir a busca do silêncio que colabora no crescimento interior, humano e espiritual.

Assim, o silêncio em Deus é importante e fecundo, porque ele proporciona encontros com o Senhor e conosco. Não tenhamos medo ou receio de experienciar o silêncio quando for necessário e oportuno, porque quem não silencia pode ter grandes dificuldades de ouvir.

Deus abençoe você! 
Márcio Leandro

Confira também: 
.:A mística do silêncio
.:O Espírito Santo, o silencioso hóspede da alma

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Márcio Leandro Fernandes