As boas desculpas podem nos impedir de conquistar o Céu

Precisamos estar atentos às nossas boas justificativas usadas, descaradamente, para não estarmos com o Senhor

Você, com certeza, conhece a parábola do grande banquete descrita por São Lucas (Lc 14,15-24), onde Jesus conta que “Um homem deu um grande banquete e convidou muitas pessoas. Na hora do banquete, mandou seu empregado dizer aos convidados: ‘Vinde, pois tudo está pronto’. Mas todos, um a um, começaram a dar desculpas”. Diz a parábola que “o primeiro disse: ‘Comprei um campo e preciso ir vê-lo. Peço-te que aceites minhas desculpas’. Um outro disse: ‘Comprei cinco juntas de bois e vou experimentá-las. Peço-te que aceites minhas desculpas’. Um terceiro disse: ‘Acabo de me casar e, por isso, não posso ir’”.

A conclusão da parábola é muito clara: o empregado volta e conta tudo para seu patrão, descreve todas as desculpas usadas pelos convidados para não vir ao banquete. O dono da casa ficou extremamente irritado com as atitudes dos convidados. Como o banquete já estava pronto, convidou outras pessoas para sentar-se à mesa, entre elas estavam os pobres, os aleijados, os cegos e os coxos. No final de tudo, o patrão disse: “Nenhum daqueles que foram convidados provará do meu banquete”.

Recordo essa parábola para lhes dizer: precisamos estar atentos às nossas boas justificativas usadas, descaradamente, para não estarmos com o Senhor. Pois, as boas desculpas podem nos impedir de conquistar o Céu. A prioridade de nossa vida precisa ser sempre estar na presença de Deus. Por vezes usamos de justificativas, inclusive de coisas boas, para nos recusarmos estar com o Senhor, mas a parábola deixa claro: tratando-se de estar com o Senhor Jesus, nada pode justificar a nossa ausência. 

Deus abençoe,
Elenildo Pereira. 

Confira também:
.:Assim na Terra como no Céu
.:Céu: o que a Igreja ensina sobre ele?
.:Vivamos na esperança dos céus novos e da terra nova

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Elenildo Pereira