A desconfiança destrói a sua relação com Deus e com o mundo

Estabelecer uma relação de espírito de desconfiança é perigoso para quem o cultiva e para quem o dissemina

A falta de confiança é um esfacelamento das relações e atos humanos, priva da eterna luz e coloca a alma na escuridão, em estado de vazio. Perde-se a “fé no homem” e na capacidade de ser reflexo da bondade de Deus. Paulo adverte os judeus da desconfiança que mutilou seus corações da verdade de Cristo (cf. Hebreus 4,2), cegos pela incredulidade foram cortados do convívio dos eleitos.

O contexto do mundo que os seguidores de Jesus viviam eram de incertezas, de contradições e descréditos na vida, nas pessoas e nas estruturas religiosas. O legalismo, as desigualdades, os escândalos políticos e morais da época estavam em toda parte, mas eles se mantiveram firmes, pois Cristo tinha uma palavra de vida eterna: “Referi-vos essas coisas para que tenhais a paz em mim. No mundo haveis de ter aflições. Coragem! Eu venci o mundo” (João 16,33).

Hoje, o cenário é o mesmo. A desconfiança vai ganhando força e, lamentavelmente, reforça um pessimismo generalizado, fechando o acesso ao que é transcendente com o que é divino.

Atenção! Estabelecer uma relação de espírito de desconfiança é perigoso para quem o cultiva e para quem o dissemina. Ele não promove relações sinceras, mas adoece, leva à perda de sentido e de propósitos de vida. É uma mentalidade mundana, que vai entrando perigosamente no imaginário de homens e mulheres de Deus.

Descubro, a cada dia, que a grande dificuldade para muitos é a falta de confiança em si mesmos, como se tivessem a impressão de que não possuem nada que lhes seja digno, e que se os outros os olhassem como realmente são, os rejeitariam. Passa-se, ligeiramente, da exaltação à depressão. Jesus diz para você: Coragem!

Dê uma chance para você. Desafie-se e descubra que Deus acredita em você e sua confiança crescerá. Não viva à sombra do medo. Confie! O vitorioso é aquele que tem confiança, por isso não tem medo de morrer por algo que dê sentido. O covarde é aquele que, pela desconfiança, tem medo de viver. A escolha é sua!

Deus abençoe!
Ricardo Rezende 

Confira também:
.:Minha relação com Deus e com o próximo
.:O pecado é uma ruptura da nossa relação com Deus

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Ricardo Rezende