Somos todos irmãos!

Que possamos superar em nós os “pequenos atos de violência” e darmos uma resposta de amor

Muitas vezes, somos tentados a olhar e a julgar os atos de violência que vemos nas mídias sociais ou mesmo pessoalmente, e já traçarmos os nossos vereditos.

Neste tempo quaresmal, tempo que por excelência, somos convidados pela Igreja a refletir, rever nossa vida, trilhar um caminho de conversão, convido você a juntos verificarmos o quantas vezes também somos incoerentes e usamos nossa força seja física, seja intelectual ou mesmo de função, cargos, autoridades que exercemos contra o outro, muitas vezes humilhando-o e pior, prejudicando-o para defender interesses pessoais.

Que possamos superar em nós os “pequenos atos de violência” que praticamos contra o próximo e darmos uma resposta de amor, de solidariedade, de fraternidade.

#Somos todos irmãos!

Deus abençoe você,
Flaviana Gomes.

Confira também:
.:Testemunhas de uma história de amor
.:Quais são as metas? O que trazemos no coração que precisamos curar?

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Flaviana Gomes