A oferta da vida a Deus nos traz a verdadeira alegria

“E, cheio de alegria, vai, e vende tudo o que tem para comprar aquele campo” (Mateus 13,44). A nossa vida é uma renuncia e oferta diária, ela é exigente, existe realidades que nos confrontam e nos tiram do nosso comodismo e até do individualismo que, por muitas vezes, nos envolve. É uma vida que se santifica na realidade, é como o monsenhor Jonas Abib nos diz: somos santificados, purificados, acontece um processo de conversão na “oficina da vida”.

A alegria da consagração e da vocação existe a partir do valor da oferta de vida, porque muito mais do que perdas, há um ganho que é a vida eterna. Olhos voltados somente para perdas acabam por desanimar no caminho, e pior que isso é contagiar a outro com isso, porém, olhos fixos na alegria de uma consagração onde, muito mais do que exigências, há uma santificação, a vida real que nos santifica, e nela precisamos ter esse olhar de fé, de que tudo que me acontece é para o meu bem, pois a minha primeira vocação é a santidade! 

Deus abençoe você!
Vitor Hugo

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.