Sem comparações!

Por amarmos tanto nossos filhos, buscamos sempre o melhor para eles e, às vezes, podemos errar quando começamos a compará-los!

Podemos dizer aos nossos filhos: “Você poderia ser tão estudioso como o ‘João’ ou a ‘Maria’, que passaram em cinco faculdades!”. Compreendo que buscamos sempre o melhor para nossos filhos, mas não os comparemos a ninguém!

Todos nós temos nossas qualidades e defeitos. Seu filho pode ter dificuldade em matemática, mas pode ter facilidade para esportes! Então, já sabe, ensine-o, mas sem comparações, pois cada um é único e isso o faz especial!

Amanhã, quero encontrá-lo aqui de novo. O tema será: “Amigos de infância”.

Confira o vídeo do dia de hoje!

Espero você!

Com carinho,
Paula Guimarães

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Ana Paula Guimarães

↑ topo