Filhos ou celular?

Como é bom ser mãe, como é bom cuidar, sentir o cheiro de cada um e ganhar um abraço gostoso!

Como é terrível, no entanto, quando estamos estressados, corridos e, por isso, acabamos errando com eles! Falamos mais alto e exigindo demais deles; falta, então, espaço para o mais importante: o amor e o respeito.

Com filhas pré-adolescentes, como é o meu caso, é fácil ouvirmos: “Mãe está sem noção!”, “Está estressada!”.

Vamos tomar cuidado, amigos! Tenhamos mais tempo para ficar com eles do que com nosso celular.

Quero encontrá-lo aqui para o próximo tema: ‘Pai também pode ajudar’.

Espero você.

Com carinho,
Paula Guimarães

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Ana Paula Guimarães

↑ topo