A dor purifica e elimina o que não é amor

Ao iniciarmos mais uma semana pela graça de Deus, quero começar partilhando com você essa célebre frase desta humilde senhora que a Igreja canonizou no dia de ontem e que, hoje, podemos chamar por Santa Teresa de Calcutá. “A dor purifica o amor, elimina aquilo que não é amor”.

Muitas vezes, queremos estar longe das dores e dos sofrimentos, mas estes são inerentes à nossa condição humana. Os sofrimentos possibilitam que nos purifiquemos, a fim de que nos tornemos cada vez mais santos, para um dia entrarmos na Morada Celeste.

Madre Teresa entendeu isso muito bem a partir de sua experiência com os pobres, e a dor que ela sentia, vendo aquelas pessoas na agonia, fazia-a amá-los cada vez mais, a ponto de doar-se total e inteiramente. Essa foi a via que o Senhor usou para santificá-la, eliminando dela todo pecado e deixando-a só com o amor.

Que assim também seja na nossa vida. Que, no nosso dia de hoje, em tudo fique e permaneça somente o amor!

Santa Teresa de Calcutá, rogai por nós!

Abraço do seu irmão,
Shahir Rahemane

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

Shahir Rahemane

↑ topo